0 2 Maximina Augusta de Melo, inventário do Capitão João Gomes do Nascimento, seu tataravô

INVENTÁRIO DE JOÃO GOMES DO NASCIMENTO   

Arquivado no Museu Regional de São João del-Rei na caixa 590

Número de folhas originais : 104 – Documento deteriorado, tinta apagada e sofreu ação de traças.

Inventariante : RITA MARIA DA CONCEIÇÃO.

Inventário Redigido : São João del Rei em 10/JUL/1775

Transcrito por : Ana Bárbara R. Pereira da Silva a pedido de Luis Antônio Villas Bôas.

Data da Transcrição :  ABR/2004

Objetivo: Dados Genealógicos.
FL. 01

Inventário dos bens que ficaram por falecimento de JOÃO GOMES DO NASCIMENTO de quem é inventariante a viúva sua mulher Dona RITA MARIA DA CONCEIÇÃO.

Ano do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo de 1775 aos 10/JULHO do dito ano neste sítio do Pouso Alegre da Aplicação da Capela de Bertioga da Freguesia da Borda do Campo, termo da Vila de São João del Rei, Minas e Comarca do Rio das Mortes em casas de morada de Dona RITA MARIA DA CONCEIÇÃO, viúva que ficou por falecimento de JOÃO GOMES DO NASCIMENTO onde foi vindo o Juíz de Órfãos da dita Vila, ANTONIO FRANCISCO VIEIRA DE SOUZA ….

FL. 02

Declarou ela dita inventariante ficarem-lhe de seu marido os filhos seguintes :

  1. MARIA casada com MANOEL NUNES RIBEIRO. trisavos de Maximina.
  2. JOANA casada com IGNACIO GOMES DA ROCHA.
  3. QUITERIA casada com JOÃO JOSÉ CAMILO
  4. MANOEL casado com ANA DE TAL com idade de 22 anos.
  5. ANA com idade de 19 anos.
  6. IGNACIA casada com JOSÉ LUIS CAMPOS de idade de 19 anos.
  7. ANTONIO de idade de 15 anos.
  8. VERONICA de idade de 12 anos.
  9. JOSÉ de idade de 10 anos.
  10. ALEXANDRE de idade de 7 anos.
  11. FRANCISCA de idade de 5 anos.
  12. FELICIANA de idade de 4 anos.
  13. FELICIA, irmã gêmea da primeira de 4 anos.
  14. JOÃO de idade de 2 anos.

FL. 9

Declarou ela inventariante haver un sítio chamado Pouso Alegre em que vive a mesma com suas casasa de vivenda somados e formados pelo engenho pré puxado (sic) de pilões e fornalhas que parte com uma borda com a fazenda e sítio de Monte Verde e MANOEL RODRIGUES CINTRA …
Declarou ela inventariante haver 2 casas de sobrado na rua de São Francisco na Vila de São João com quintal, murado que desagua com bordas de telha que partem da casa de trás e outras de JOSÉ DE SOUZA e o Sargento-Mor ANTONIO JOSÉ DA ROSA.

FL. 10

Declarou ela inventariante haver-se dado ao seu genro MANOEL NUNES RIBEIRO quando casou com sua filha MARIA a quantia de 90$000 ….
Declarou ele inventariante haver-se dado ao seu genro JOÃO JOSÉ DE ÁVILA quando se casou com sua filha QUITÉRIA a quantia de 312$900.

FL. 10V

Declarou ele inventariante haver-se dado ao seu genro IGNACIO GOMES DA COSTA (deveria ser ROCHA) a quantia de 200$000.

FL. 11

Declarou ele inventariante haver-se dado ao seu genro JOSÉ LUÍS CAMPOS casado com a órfã IGNACIA MARIA DO NASCIMENTO a quantia de 100$000 ….

FL. 16

Diz MANOEL GOMES DO NASCIMENTO filho que ficou de JOÃO GOMES DO NASCIMENTO, casado, que por ordem de V.S. foi notificado pelo escrivão desse juízo para em 3 dias vir declarar se quer entrar a herança do falecido seu pai com o produto de várias cabeças de gado que em vida do dito seu pai havia tirado do casal para se proceder a revelia. E poque é menor verdade o que se segue neste caso dele suplicante, pois nunca em vida do pai em tempo algum recebeu bens nenhum do casal, e menos gado, percebendo unicamente 4 cabeças de seu cunhado IGNACIO GOMES DA ROCHA …

FL. 33

Diz RITA MARIA DA CONCEIÇÃO viúva do falecido JOÃO GOMES DO NASCIMENTO que a ela se lhe conferiu a juros o importe das legítimas dos órfãos seus filhos e de seu marido importaram a quantia de 1:157.000$771 réis, e como os herdeiros órfãos se acham em sua companhia e os está educando, sustentando e vestindo, até certo os juros das suas legítimas não chegam para o trato dos mesmos, sirva-se aplicar-lhe os ditos juros para a ajuda da sustentação e vestuário deles.
Como se pede e se junte este ao inventário, para constar, Vila de São João, 19/DEZ/1775.

FL. 34

Diz RITA MARIA DA CONCEIÇÃO viúva que ficou de JOÃO GOMES DO NASCIMENTO que pela provisão junta é servido mandar que a suplicante seja tutora de seus filhos e se lhe entregue seus bens e legítimas, e como se acha cumprida pelo Doutor Corregedor e Provedor da Comarca.

FL. 43

Atuto de Contas.

Ano do Nascimento de Nosso Senhor Jesus Critos de 177(ilegível) aos dois dias do mes de (ilegível) nesta vila de São João del Rei, Minas e Comarca do Rio das Mortes, em casas (ilegível) do Doutor ANTONIO JOSÉ DE MELLO, Juíz de Órfãos e o escrivão de seu cargo adiante nomeado foi vindo (ilegível) MANOEL CARVALHO DA SILVA, solicitador de causas e procurador que se mostrou ser de MANOEL NUNES RIBEIRO e por ele foi dito (ilegível) estava pronto para prstar contas da dita tutela  …..
E perguntado por ele ministro ao dito procurador do Tutor dos órfãos ANTONIO, VERONICA, JOSÉ, ALEXANDRE, FRANCISCA, FELICIA, JOÃO citando suas idades e legítimas.
Por ele foi respondido que o órfão ANTONIO se ocupa de (ilegivel) ler e escrever com idade de (ilegivel).
E pela órfã VERONICA de idade de 15 anos, pouco mais ou menso, se acha casada com AGOSTINHO FAGUNDES pessoa de igual condição e qualidade da mesma órfã que vive em companhia do dito seu marido.
E que o órfão JOSÉ tem idade de 13 anos pouco mais ou menos, estando na escola e aprendendo a ler, escrever e contar.
E que o órfão ALEXANDRE com idade de 10 anos, pouco mais ou menos, estando na escola …
E que a órfã FRANCISCA de idade de 8 anos, pouco mais ou menos, (ilegível) educada em casa pela dita viúva sua mãe.
E pela órfã FELICIANA com idade de 7 anos, pouco mais ou menos, se acha em casa em companhia da viúva sua mãe.
E que a órfã FELICIA irmã gemea também com idade de 7 anos, pouco mais ou menos, se acha em casa em companhia da viúva sua mãe.
E que o órfão JOÃO com idade de 5 anos, pouco mais ou menos, se acha na companhia da dita viúva sua mãe.

FL. 47

Diz IGNACIO GOMES DA ROCHA e JOSÉ LUÍS CAMPOS e JOÃO JOSÉ DE SOUZA, genros do falecido JOÃO GOMES DO NASCIMENTO, que eles suplicantes setão inteirado cada um da herança que por partilha deste juízo e acordo dos ditos órfãos e como a tutora é mãe dos órfãos para constar seja servido (…. ilegível ….) fazer a quitação.

FL. 48

A dúvida do escrivão não deve ser atendida, porque do mesmo inventário conta que ao tempo da sua feitura e morte de seu sogro já os suplicantes se achavam casados e como tais emancipados e assim não careciam de determinação deste juízo para serem pagos aos que lhes competia por adjudicação da partilha. 22/FEV/1779.

FL. 50

Diz JOSÉ LUÍS CAMPOS por cabeça de sua mulher IGNACIA MARIA DO NASCIMENTO, filha e herdeira de JOÃO GOMES DO NASCIMENTO, que ele tem por notícias haver na partilha engano de alguns herdeiros, ficando outros assim mais aproveitados, pelo que pede se mandar emendar a partilha para se evitar o erro ….

FL. 67

Dizemos nós abaixo assinados, herdeiros do falecido JOÃO GOMES DO NASCIMENTO que por falecimento deste se fez inventário pelos réis dos órfãos, e dele nesses nossos legítimos nos fez nossa mãe e sogra tutora e administradora por provisão régia e legítima das leis ….. esta por um de nós feita e pelos mais abaixo assinados por cabeça de nossas mulheres, hoje, 13/ABR/1782. Assinam : AGOSTINHO FAGUNDES, JOÃO JOSÉ DE SOUZA, MANOEL GOMES DO NASCIMENTO, IGNÁCIO GOMES DA ROCHA, JOÃO JOSÉ DE ÁVILA, ANTONIO GOMES DO NASCIMENTO.

FL. 69

Auto de Constas.

Ano do Nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo de 1785 aos 2/MAIO na tal vila de São João del Rei, Minas e Comarca do Rio das Mortes em o cartório de mim escrivão adiante nomeado apareceu presente Dona RITA MARIA DA CONCEIÇÃO viúva que é do falecido JOÃO GOMES DO NASCIMENTO ….

FL. 69V

E logo no mesmo dia, mes, e ano declarado no auto supra por mim escrivão foi perguntado a ela tutora pelo estado da órfã MARIA, sua legítima e segurança. E por ela foi respondido que já antes do falecimento de seu marido se achava casada com MANOEL NUNES RIBEIRO com quem vive em harmonia e bem estabelecida com fazenda própria e mutuamente que não teve legítima por fazer termo de (ilegível) por se achar contentada com o que se lhe deu ao tempo de seu casamento.

FL. 70

E sendo mais perguntada pela órfã JOANA sua legítima e segurança. Respondeu que já a tempo do falecimento de seu marido se achava casada com IGNACIO GOMES DA ROCHA com quem vive em harmonia e que a legítima fora de 149$051.
E sendo perguntada pela órfã QUITÉRIA sua legítima e segurança. Respondeu que esta ao tempo do falecimento do seu marido já era casada com JOÃO JOSÉ DE ÁVILA sendo sua legítima de 149$051.
E sendo perguntada pelo órfão MANOEL (ilegivel) . Respondeu que já na feitura deste inventário se achava casado com ANA MARIA com a que está vivendo bem e tratando de sua vida e que a sua legítima é da quantia de 149$051.
E sendo mais perguntada por mim escrivão sobre o estado da órfã ANA sua idade, legítima e sua segurança. Respondeu que tem idade de 23 anos, e que se acha casada com JOÃO JOSÉ DE SOUZA com que vive harmoniosamente na fazenda da dita tutora e que sua legítima é de 149$051.

FL. 71

E sendo perguntada por mim escrivão sobre a órfã IGNACIA sua legítima e segurança. Respondeu que pondo-se este inventário já estava casada com JOSÉ LUIS CAMPOS com qual vive em boa harmonia e sua legítima é de 149$051.
E sendo por mim escrivão perguntadasobre o órfão ANTONIO, sua idade, legítima e segurança. Respondeu que tem idade de 25 anos e que se acha casado com ANA DE TAL filha de DOMINGOS FERREIRA com quem vive em boa harmonia e sua legítima é de 149$051.

FL. 71V

E sendo maus perguntada por mim escrivão pelo estado da órfã VERONICA sua idade, elgitima e segurança. Respondeu que se acha casada com AGOSTINHO FAGUNDES, e que tem idade de 22 anos e que vivem em boa harmonia e que sua legítima é de 149$051.
E sendo mais perguntada a ela tutora pelo estado do órfão JOSÉ sua idade, legítima e segurança. Respondeu tem tem idade de 20 anos e se acha casado com NARCISA MARIA DE NAZARÉ e que sua legítima é de 149$051.

FL. 72

E sendo mais perguntado pro im escrivão pelo estado do órfão ALEXADRE, sua idade, legítima e segurança. Respondeu que tem idade de 19 anos e que vive no estado de solteiro na compannhia dela tutora sua mãe que sabe ler e escrever e que é bem instruído nos bons costumes ….. e que sua legítima é de 149$051.
E perguntado por mim escrivão pelo estado da órfã FRANCISCA, sua idade, legítima e segurança. Respondeu que tem idade de 15 anos, que se acha vivendo em estado de solteira na companhia da tutora sua mãe (ilegível) apresndendo a cozer, fiar e ao que mais lhe comtetem ….
E sendo pro mim perguntada pela órfã FELICIANA, sua idade, legítima e segurança. Respondeu que tem 14 anos, que vive no estado de solteira e na companhia dela tutora sua mãe ….

FL. 73

E sendo mais perguntada …. pela órfã FELICIA, irmã gêmea , sua idade, legítima e segurança. Respondeu que também tem 14 anos, que vive no estado de solteira na companhia da tutora sua mãe ….
E sendo pertuntada … pelo órfão JOÃO, sua idade, legítima e segurança. Respondeu que tem 12 anos, que vive no estado de solteiro na companhia de sua mãe.

FL. 92V

Auto de Contas.

Ano do Nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo de 1790 aos 05/FEV neta Vila de São João del Rei …..

FL. 95

E sendo perguntada pela herdeira FELICIANA …. Respondeu que presentemente tem idade de 19 anos, pouco mais ou menos e se acha no estado de solteira mas justa para se casar  com LUIS MANOEL VIEIRA GONÇALVES que para esse fim terá licença deste juízo ….

FL. 98

Diz FELICIANA MARIA DA CONCEIÇÃo órfã que ficou de JOÃO GOMES DO NASCIMENTO para haver de se casar com LUIS MANOEL VIEIRA GONÇALVES, filho de LUIS VIEIRA que é morador na freguesia das Lavras ….(ilegível), Vila de São João del Rei, 3/FEV/1790.

FL. 101

Diz LUIS MANOEL por cabeça de sua mulher FELICIANA MARIA DA CONCEIÇÃO órfã que ficou por falecimento de seu pai JOÃO GOMES DO NASCIMENTO, que ele suplicante está inteiramente pago da legítima que tocou a dita sua mulher e quer dar dela quitação no inventário respectivo a sua sogra RITA MARIA DA CONCEIÇÃO e pode fazer …(ilegível) esta com ela casado como conta na certidão.

FL. 104

Diz JOSÉ JOAQUIM DA SILVA casado com FELICIA MARIA DA CONCEIÇÃO herdeira do falecido JOÃO GOMES DO NASCIMENTO que pela certidão consta declarar-se com efeito casado com a dita e por que acha entregue a sua legítima quer das quitação em juízo.

FL. 105

Diz JOSÉ JOAQUIM DA SILVA que para requerimentos que no juízo de órfão necessita que seu Reverendo Pároco repasse por certidão o dia, mês e anos que o suplicante casou com FELICIA DA CONCEIÇÃO. órfã que ficou por falecimento de JOÃO GOMES DO NASCIMENTO  e de sua mulher RITA MARIA DA CONCEIÇÃO.
JOAQUIM PINTO DO SILVEIRA (ilegível), Apostólico de sua Santidade, coadjutor na Paroquial Igreja de Nossa Senhora do Pilar desta Vila de São João del Rei, certifico que vendo o livro atual dos assentos de casamentos desta freguesia, nele à folha 347 está o assento do teor seguinte = Aos 23/JUL/1790, na Capela de Santo Antonio da Bertioga filial desta Matriz feitas as cnonicas diligencias …. em presença das testemunhas AGOSTINHO FAGUNDES, JOSE LUIS, o Reverendo Capelão ANTONIO VICENTE DE ALMADA, com licença administrou o sacramento do matrimônio que por palavras do presente celebraram = JOSÉ JOAQUIM DA SILVA, filho legítimo de MATIAS DA SILVA BORGES e de FRANCISCA DO SACRAMENTO, natural e batizado na freguesia de Borda do campo e FELICIA MARIA DA CONCEIÇÃO, filha legítima de JOÃO GOMES DO NASCIMENTO e de RITA MARIA DA CONCEIÇÃO, natural e batizada nesta freguesia e logo lhe deu as bençãos do ritual romano ….
Vila de São João del Rei, 13/AGO/1793.

FL. 106

Diz RITA MARIA DA CONCEIÇÃO viúva que ficou por falecimento de JOÃO GOMES DO NASCIMENTO ….  e como quer dar estado de casada as duas filhas, uma por nome de FRANCISCA e a outro por nome de FELICIA, aquela com CUSTODIO DA CRUZ FAGUNDES, môço branco e de boa qualidade e esta com JOSÉ JOAQUIM DA SILVA, môço branco e de bom conceito ….. Vila de São João del Rei, 7/MAIO/1790.

FL. 108

Diz CUSTÓDIO DA CRUZ FAGUNDES que para requerimento que tem no juízo dos órfãos, necessita que o seu reverendo pároco o passe por centidão o dia, mês e ano que o suplicante casou com FRANCISCA MARIA DA CONCEIÇÃO órfã que ficou por falecimento de JOÃO GOMES DO NASCIMENTO  e de sua mulher RITA MARIA DA CONCEIÇÃO.
JOAQUIM PINTO DO SILVEIRA (ilegível), Apostólico de sua Santidade, coadjutor na Paroquial Igreja de Nossa Senhora do Pilar desta Vila de São João del Rei, certifico que vendo o livro atual dos assentos de casamentos desta freguesia, nele à folha 347 está o assento do teor seguinte = Aos 19/MAIO/1790 na Capela de Santo Antonio da Bertioga filial desta matriz feitas as canônicas diligencias …. em presença das testemunhas DOMINGOS FAGUNDES, o Reverendo Capelão ANTONIO VICENTE DA ALMADA com licença administrou o sacramento do matrimônio que por palavras de presente celebraram = CUSTODIO DA CRUZ FAGUNDES filho legítimo de FRANCISCO FAGUNDES e de DOMINGAS DE SOUZA, natural da freguesia de São Salvador de Briteiros do Arcebispado de Braga e FRANCISCA MARIA DA CONCEIÇÃO filha legítima de JOÃO GOMES DO NASCIMENTO e de RITA MARIA, natural e batizada nesta freguesia, logo lhes dei as bencãos …Vila de São João del Rei, 13/AGO/1793.

FL. 110

Diz JOÃO GOMES DO NASCIMENTO filho do falecido JOÃO GOMES DO NASCIMENTO  e de sua mulher RITA MARIA DA CONCEIÇÃO, que ele suplicante se acha pago da legítima que por morte do dito seu pai lhe pertence …

FL. 111

Diz JOÃO GOMES DO NASCIMENTO que para requerimento do juízo de órfãos necessita que o Reverendo Pároco da Vila de Barbacena lhe passe por certidão o dia, mês e ano que o suplicante se casou com VICÊNCIA MARIA PERPÉTUA, filha legítima de JOÃO DA COSTA já falecido e sua mulher MARIA IGNACIA.
(… ilegível) Aos 21/JUN/1792 na Capela de Santa Rita filial da Matriz de (… ilegível) Piedade da vila de Barbacena (ilegível) …

FL. 112

Dizem ALEXANDRE GOMES DO NASCIMENTO e JOÃO GOMES DO NASCIMENTO filhos órfãos que ficarm por falecimento de seu pai JOÃO GOMES DO NASCIMENTO que eles suplicantes (ilegível) juntos se casarem o primeiro com ANA ANTONIA DE JESUS filha de MANOEL PEREIRA PENELLA e o segundo com VICENCIA MARIA PERPÉTUA filha de JOÃO DA COSTA pessoas das igualdades dos suplicantes ….

FL. 120

Dizem JOSÉ GOMES DO NASCIMENTO e ALEXANDRE GOMES DO NASCIMENTO e JOÃO GOMES DO NASCIMENTO filhos legítimos de JOÃO GOMES DO NASCIMENTO  e sua mulher Dona RITA MARIA DA CONCEIÇÃO que eles se acham todos casados e por isso emancipados e juntamente se acham pagos e satisfeitos das suas legítimas ….

FL. 121

Dizem JOSÉ GOMES DO NASCIMENTOe ALEXANDRE GOMES DO NASCIMENTO que para requerimento no juízo de órfãos necessita que o Reverendo Pároco lhe passe por certidão o dia, mês e ano que os suplicantes se casaram, o primeiro com NARCISA MARIA DE TAL, filha legítima de ANTONIO FERREIRA MARTINS e de sua mulher MARIA GERTRUDES e o segundo com ANA ANTONIA DE JESUS filha legítima de MANOEL PENELLA e sua mulher ANA ANTONIA, já falecida.
JOAQUIM PINTO DA SILVEIRA, … Apostólico de sua Santidade …. certifico que vendo o livro atual dos assentos de casamentos desta freguesia, nele a folha 257 está o assento de teor seguinte == Aos 5/FEV/1785 nesta matriz de São João del Rei, pelo meio dia feitas as canônicas diligências ….. em presença das testemunhas JOSÉ LUIS CAMPOS, JOSÉ PEREIRA administrou o sacramento do matrimônio que por palavras do presente celebraram == JOSÉ GOMES DO NASCIMENTO filho legítimo de JOÃO GOMES DO NASCIMENTO e de RITA MARIA DA CONCEIÇÃO e == NARCISA MARIA DE NAZARÉ filha legítima de ANTONIO FERREIRA MARTINS e de MARIA GERTRUDES, ambos naturais e batizados nesta freguesia e logo lhes deixo as bençãos na forma do ritual romano…
Certifico que no mesmo livro de assentos de casamentos à folha 374 está o assento do teor seguinte : Aos 29/MAIO/1793 na Capela do Cajurú, filial desta Matriz de São João del Rei pela 1 hora da tarde feitas as canônicas deligências …. em presença das testemunhas MANOEL LOPES DA SILVA, MANOEL PEREIRA PENELLA, com licença o Reverendo GONÇALO RIBEIRO BRITO administrou o sacramento do matrimônio que por palavras do presente celebraram == ALEXANDRE GOMES DO NASCIMENTO filho legítimo de JOÃO GOMES DO NASCIMENTO e RITA MARIA DA CONCEIÇÃO e == ANA ANTONIA DE JESUS filha legítima de MANOEL PEREIRA PENELLA e de ANA MARIA DE JESUS, ambos naturais e batizados nesta freguesia, logo lhes dei as bençãos na forma do ritual romano … Vila de São João del Rei, 6/MAIO/1794.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: