0 2 Maximina Augusta de Melo, sua Família Guimarães Alves Ferreira, Moreira, de Franca-SP e Batatais-SP

MAXIMA AUGUSTA DE MELO, casada com Antônio Valim de Melo, tronco dos Melo Lima e Valim de Melo de Uberaba-MG,  é filha de José Alves Faleiros e de Maria Teodora do Nascimento.

Seu pai, o JOSÉ ALVES FALEIROS é filho de José Justino Faleiros e de Joana Gomes de Assunção.

E a JOANA GOMES DE ASSUNÇÃO é filha de ANTÔNIO ALVES DE GUIMARÃES.

OU SEJA:

ANTONIO ALVES DE GUIMARÃES é pai de:

JOANA GOMES DE ASSUNÇÃO que é mãe de:

JOSÉ ALVES FALEIROS que é pai de:

MAXIMINA AUGUSTA DE MELO

VAMOS VER ENTÃO, nesta página, ANTÔNIO ALVES DE GUIMARÃES, tronco dos Alves Ferreira, dos Guimarães, e, dos Faleiros de Franca-SP

Leia, neste site, mais sobre MAXIMINA AUGUSTA DE MELO e de ANTONIO VALIM DE MELO:

 

==

O VIAJANTE FRANCÊS D´ALINCOURT CONHECEU O VOVÔ ANTÔNIO ALVES DE GUIMARÃES

 

PORQUE ANTONIO ALVES DE GUIMARÃES – Porque este nome!

É Guimarães porque veio do Concelho de Guimarães, em Portugal:

Nasceu em cerca de 1735, na Freguesia de São Martinho do Candoso, Vila de Guimarães, primeira capital de Portugal, filho de …

Casado em 178.. em Itaberaba-MG, com Josefa Gomes Moreira, também dita Josefa Gomes de Assunção.

Um dos lugares de maior cultura do mundo:

Guimarães é o 4.º Património UNESCO mais recomendado do mundo

As opiniões da comunidade de utilizadores do TripAdvisor, provavelmente o mais influente portal de viagens do mundo, colocaram o centro histórico vimaranense em 4.º lugar entre todos os destinos do mundo com Património UNESCO.

Numa lista liderada pelo Conjunto Histórico do Palácio Potala, de Lhasa (Tibete sob administração chinesa), a ex-Capital Europeia da Cultura brilha à frente de Masada (Israel) e atrás do Desfiladeiro de Ironbridge (no Reino Unido, berço da revolução industrial) e do Palácio e Parque de Fontainebleau (França).

largos1

O top surge de uma parceria entre UNESCO e Tripadvisor, baseando-se na análise do feedback de mais de 1,1 milhões de viajantes.

Trata-se do maior estudo deste género jamais realizado, segundo o comunicado do TripAdvisor.

Cada um dos 962 sítios designados pela UNESCO como Património Mundial tem um enorme significado cultural ou natural, comenta Emma Shaw, porta-voz do site, realçando que estas listas identificam os locais mais valorizados pelos milhões de viajantes do TripAdvisor que os visitam.

A parceria entre o site e a agência das Nações Unidas nasceu em 2009 e, através de várias iniciativas conjuntas e relacionadas com o património, pretende sensibilizar e conquistar o apoio dos viajantes para a preservação dos sítios naturais e culturais inscritos na lista da UNESCO.

Quando os utilizadores do site escrevem sobre um hotel, restaurante ou atracção que esteja dentro de uma área com Património Mundial, é-lhes solicitado que respondam a um inquérito sobre a sua experiência em relação ao sítio UNESCO, incluindo se o recomendam ou não.

Ao todo, já foram recebidos mais de 1,1 milhões de inquéritos. Entre vários comentários de portugueses, surgem também turistas estrangeiros – lindo e digno de ser visitado, escreve um utilizador espanhol; encantadora cidade velha, diz um argentino; respira-se uma belíssima atmosfera, aponta outro; saborosa comida regional, lembra um brasileiro; ou absolutamente charrmoso, resume um francês.

 

GRANDE SESMARIA DO PIONEIRO E DESBRAVADOR DE FRANCA-SP:

ANTONIO ALVES DE GUIMARÃES.

SITIO DAS MACAUBAS, do ANTONIO ALVES DE GUIMARÃES, e que ficou depois para seu genro JOSE JUSTINO FALEIROS, atualmente é de VICENTE FALEIROS.

Claro éra uma sesmaria imensa. 6 léguas por 3.

NA FOTO VEMOS FRANCA, patrocínio paulista, itirapuã e o RIO SAPUCAI, fazendo de divisa dos municipios de Batatais com Patrocinio paulista, antigo patrocinio do sapucai (MAS sapucaizinho). o SAPUCAI grande é divisa com batatais.

Local aproximado do Sitio da Macaubas, do Antonio Alves de Guimarães, e depois Fazenda do José Justino Faleiros

=

=

OS ALVES FERREIRA EM FRANCA

João Bekman Alves*

Origens

Era costume dos imigrantes portugueses, já estabelecidos no Brasil, promoverem a vinda dos parentes que permaneceram na metrópole, principalmente durante o Ciclo do Ouro nas Minas Gerais.

Os Alves Ferreira são originários do termo de Guimarães, considerada o berço da nação portuguesa.

Manuel Moreira de Meirelles cavaleiro da ordem de Cristo, migrou para o Brasil no início da mineração, foi vereador mais velho da Câmara de Vila Rica na legislatura de 1732, era casado com Josepha Rodrigues d’Assumpção e faleceu na Fazenda Cachoeira de Santana, freguesia de Santo Antônio da Itaverava.

Violante Moreira d’Assumpção, uma de suas filhas casou com o Furriel Manuel Gomes Ferreira natural da freguesia de São Pedro de Alvite e tiveram nove filhos, entre eles Josepha Gomes Moreira que se casou na matriz de Itaverava com Antônio Alves Guimarães, da Freguesia de São Martinho de Candoso, Termo de Guimarães, que passou para o Brasil em companhia de seu irmão Domingos Alves Guimarães na segunda metade do século XVIII.

Nos inventários testamentários de Manuel Gomes Ferreira e de Violante Moreira d’Assumpção conservados no Arquivo do Museu Regional de São João Del Rei encontramos na relação de bens, uma fazenda com casa assobradada, grande quantidade de escravos, animais de carga e ouro, inclusive uma imagem de N.S. da Conceição em ouro com brincos de azeviche. Essa mesma imagem consta dos bens arrolados no inventário de Antônio Alves Guimarães e Josepha Gomes Moreira conservados no Arquivo Municipal Capitão Hipólito Antônio Pinheiro de Franca.

Nas vésperas da Inconfidência Mineira, o Ciclo do Ouro entrava em decadência, e os irmãos Alves Guimarães com família e escravos, fugindo da derrama, deixavam as regiões auríferas em direção ao oeste procurando terras férteis; chegaram ao Arraial de Nossa Senhora do Livramento do Piumhy. Domingos se estabeleceu aí com a família, onde deixou vasta descendência. Antônio e Josepha viveram ali por alguns anos onde tiveram mais filhos e os primeiros netos.

O Sertão do Rio Pardo

Ao longo da estrada dos Goiases, aberta pelos bandeirantes, estabeleceram-se os primeiros pousos no sertão do Rio Pardo. No início do século XIX, os entrantes mineiros, liderados pelo Capitão-mor Hipólito Antônio Pinheiro, ocupam as matas, os rios e as serras do sertão, até então do índio caiapó.

Antônio Álvares Guimarães recebeu uma sesmaria de três léguas de terras “na paragem Macahúbas confrontando com o espigão que principia a freguesia”; seu filho Antônio em sociedade com José Lourenço de Paiva, tio do Padre Joaquim Martins Rodrigues, receberam também três léguas de terras na Fazenda da Prata anexas à sesmaria de Helena Maria Martins, Joaquim Ribeiro Guimarães e Ana Esméria Ribeira “acompanhando o Ribeirão Batataes rumo para o Rio Pardo”.

No dia 03 de dezembro de 1805 o Padre Joaquim Martins Rodrigues, cumprindo a Provisão de 29 de agosto do mesmo ano do Bispo de São Paulo Dom Matheus de Abreu Pereira, que criou a Freguesia de Nossa Senhora da Conceição da Franca, benzeu o local do cemitério, e no “lugar vizinho mandou erigir uma casa de orações com a possível decência para a celebração do Santo Sacrifício da Missa”, estando presentes ao ato os doadores do patrimônio Vicente Ferreira Antunes e Antônio Antunes de Almeida; ocasião em que foi batizado pelo padre Claudio José da Cunha o filho de Antônio e Josepha: Joaquim.

A família, além do casal, era constituída dos seguintes membros AS MULHERES:

Ana que se casou com Jacintho Antônio Felizardo, ainda em Piumhy; Maria com Alexandre Pereira da Silva; Antônia com Joaquim Ribeiro Guimarães; Francisca com Ignácio de Freitas Silveira; Josepha com Antônio Joaquim da Silva; Joana QUE SE CASOU com José Justino Faleiros, (AVOS DA MAXIMINA AUGUSTA DE MELO), estas se casaram na freguesia da Franca, todas assinavam Gomes d’Assumpção;

Os filhos HOMENS eram: Antônio Alves Ferreira que se casou na freguesia de Bom Jesus da Cana Verde com Joaquina Custódia da Conceição (A Madrinha da Serra de Patrocínio Paulista), Manuel Alves Ferreira casado com Ignácia Francisca de Jesus, residentes no termo de Mogi Mirim, Domingos Alves Ferreira que se casou duas vezes: em primeiras núpcias na freguesia da Franca com Francisca Maria de Freitas e em segundas na freguesia de Bom Jesus da Cana Verde com Maria Justina Ribeiro e o caçula Joaquim Alves Ferreira.

Viviam em suas fazendas com seus agregados e escravos envolvidos com as atividades rurais como: a criação de gado, ovelhas, cavalos e aves; o plantio de pequenas roças para subsistência e a manufatura de tecelagem, carpintaria, ferraria e produtos caseiros sendo, com exceção do sal, auto-suficientes.

Tinham casas na Praça da Aclamação (atual Barão da Franca) na freguesia, para onde acorriam para as missas, festas e solenidades religiosas.

Quando Antônio faleceu a Vila Franca já havia sido instalada há dois anos.

6 Respostas to “0 2 Maximina Augusta de Melo, sua Família Guimarães Alves Ferreira, Moreira, de Franca-SP e Batatais-SP”

  1. LUCIO DE OLIVEIRA FALLEIROS Says:

    No livro dos faleiros o seu autor Osório Faleiros da Rocha agradece os dados enviados por Dona Elza de Melo Lima, DOS FILHOS E NETOS DE mAXIMINA aUGUSTA DE MELO. ATÉ 1961.
    eSTOU TENTENDO ATUALIZAR O LIVRO ACIMA CITADO. sERÁ QUE ALGUEM COMPLETOU A ÁRVORE DE MAXIMINA AUGUSTA DE MELO?

  2. Julio Cesar Bueno e Freitas Says:

    Olá, Estou pesquisando sobre minha Avô vinda de Franca SP , e Região de Barretos SP Barretos Vô Emilia Garcia de Freitas irmâ do Horozino (Tio Ouro que foi dono do Hothel Presidente em io Verde GO)nascida em Franca SP seculo XlX, Foi Fazendeira em Rio Verde -GO proprietária da Fazenda Bauzinho e Cabeleira. Também José Garcia De Freitas apelido José Juca Tocava viola. Meu Pai Jordelino Bueno e Freitas nascido em Rio Verde o qual convivi em Goiânia já é falecido era amigo do Geronimo Turco comerciante em Rio Verde GO. Abraços, a quem souber informar.

  3. luisafernandes Says:

    gostava de ter imformacoes do sr manuel alves ferreira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: